Notícias

A Allied Esports Vê Grande oportunidade No Entretenimento dos Esports

A Allied Esports Vê Grande oportunidade No Entretenimento dos Esports

Enquanto muitos buscam por oportunidades de investimento e publicações dos esports, o grupo responsável na Allied Esports Entertainment está seguindo os passos traçados por sua companhia associada, World Poker Tour para realizar eventos, criar conteúdo e planejar uma maneira de gerar lucros – um plano que levará a companhia aos olhos do público. A Allied Esports Entertainments negociará publicamente uma vez que o acordo de aquisição entre a Black Ridge Acquisition Group e a Ourgame International Holdings, anunciado em dezembro, for completo. Ourgame é dona do Allied Esports International, uma das companhias mais inovadoras de 2019 da Fast Company, e da World Poker Tour. Os estágios iniciais da Allied Esports, fundada em 2016, e World Poker Tour são estranhamente similares, mas “em esteroides”, disse Adam Pliska, que ajudou a levar WPT para o público em 2004 e é o atual CEO e presidente da WPT e será o presidente da Allied. “Poker teve uma explosão em 2003, estávamos bebendo de um hidrante”, Pliska disse. “Isso, isso é 100 vezes maior. Todo dia me lembra de WPT, mas a verdade é que está crescendo exponencialmente mais rápido”. Pliska citou uma base de jogadores ao redor do mundo de 2,4 bilhões e que chega a 395 milhões de telespectadores – uma média maior que a do NBA e NHL juntos, e comparado aos 40 milhões de jogadores de poker. Isso representa uma oportunidade incrível para os executivos da Allied, que acreditam que o lucro pelos telespectadores do esports está muito abaixo do que o de esportes tradicionais. Enquanto Ourgame pensava em mergulhar nos esports e adquiriu WPT em 2015, a ideia de transferir o modelo de negócios foi fácil, disse Pliska. “Como fazê-lo de uma forma que não está todo mundo fazendo? As pessoas estão apostando muito em comprar um time ou fazer publicidade”, ele disse. “Nós sabíamos do entretenimento. Olhe para as produções, elas não dependem inteiramente de um time ser ótimo, dependem de ótimos momentos. O modelo de WPT é simples, pegamos uma localização física e criamos um evento, talvez 100.000 jogadores participem, mas realizamos show que atingem 140 milhões de pessoas, e aí você tem essa comunidade muito maior”. Utilizando WPT como exemplo do que o Allied tem pela frente está o grande acervo de produtos online como Zynga Poker, Club WPT, Play WPT e aprenda WPT. “Se cuidarmos da ecologia que criamos, sabemos que iremos monetizar com o tempo”, disse Pliska. No coração da operação estão as arenas de esports, lideradas pela HyperX Esports Arena Las Vegas. Ela é complementada por arenas na China e também por dois equipamentos de semi-trailers, um na América do Norte e outro na Europa. Quando o acordo for completo, maiores expansões são esperadas, com novas arenas ao redor do mundo e uma frota maior de caminhões. Um evento importante para a companhia foi “Ninja Vegas ’18”. Realizado em Las Vegas, o evento contou com a estrela dos esports Ninja contra os fãs, que poderiam ganhar $2,500 (R$ 9.400) por matá-lo em partidas de Fortnite. Apesar de ele ter perdido oito dos nove jogos, o evento arrecadou 667.000 telespectadores em seu canal da Twitch em seu auge. Outras formas de conteúdo incluem a série “Nation vs. Nation”, que é feita em conjunto com a TV Azteca, a maior rede de esports da América Latina. A TV Azteca pertence ao Grupo Salinas, que também está fazendo investimentos na companhia. De maneira similar, a Simon Equity Developmente, um subsidiário do Simon Property Group, anunciou que está adquirindo $5 milhões (R$ 19 milhões) em ações, com planos de ajudar a criar lojas de esports e lançar a Copa Simon, um circuito de festival de torneio. “O objetivo aqui é usar essa plataforma para agregar grandes companhias que possuem os recursos mas precisam dos esports como solução para seu negócio principal”, disse Frank Ng, CEO da companhia, e quem presenciou o crescimento da rede Ourgame para 700 milhões de usuários. “Então as editoras se interessam na ecologia que estamos construindo, e a partir daí tentamos criar conteúdo atrativo e lucrativo”.